terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Reflexo II

Nem flor, nem aurora, sonho ou cantoria.
A poesia é caos. E sua no calor do meio dia.

Nem dor, nem amor, nem lua que alumia.
Tem que vender barato, pagar as contas em dia
Beleza fugidia. Agonia.

A poesia é caos. E sua no calor do meio dia.

2 comentários:

  1. Isso te consome como sol do meio dia, tão intenso e incandescente dentro de vc.E, estou vendo esse turbilhão de sentimentos nos seus versos!Parabens!!!
    if you find yourself not look like a mirror, there will be only one image, its reflection.

    ResponderExcluir
  2. lindo!
    seu jeito lírico de ser realista, muito lindo!

    ResponderExcluir