quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Não quero nenhuma palavra que preste. Procuro a outra, mais suja de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário