quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Estes Dias



Dama Hipocrisia aponta na sala
E todos a olham, a seguem
Caminha firme e exclama forte
-Olá à todos! Diz sorridente


Atrás de cada máscara uma pessoa
Um padrão disseminado, assumido
O norte foge a verdade, caçoa
O homem prossegue, fingido


Pessoas agora são números
Olhares são meios de repreender
O ego se alimenta vorazmente
Pois tudo dá pra comer


O tempo é de vida vazia
E valor se pode morder
Vale muito olhar para trás
E voltar a aprender a viver.


Dama hipocrisia se despede
Seguida por todos da sala
Caminha firme e confiante
-Amanhã vejo todos vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário