quarta-feira, 30 de junho de 2010

Mudez


Céus e terras passarão
minhas palavras também.
E eu que não falo
não calo.
Escrevo.
Esta página branca é um espelho
que me devolve em eco esse meu grito louco.
Seu som insuportável arde em meus olhos.

Céus e terras passarão.
Minhas palavras também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário